quinta-feira, 24 de maio de 2012

R.I.P. Paul Gray

Morte

Paul Gray morreu em 24 de maio de 2010 com 38 anos. Foi encontrado por um empregado no dia 24 de maio, num quarto do Hotel Urbandale as 10 e 30 da manhã. Paul Gray, deixou então viúva a sua mulher Brenna Gray, modelo da GodsGirls.com, grávida de 5 meses do músico.
Quando morreu, era um dos 3 fundadores do Slipknot ainda na banda, e o único que tinha mantido o seu papel original na banda devido à mudança do Clown da bateria para percussão personalizada.
Em 25 de maio de 2010, a banda realizou uma entrevista coletiva formal:

“ A única forma de resumir Paul Gray, é o amor. Tudo o que ele fez, ele fez pelos que estavam ao seu redor. Não importando se ele te conhecia ou não. E foi isso o que ele deixou para nós. O amor absoluto. ”
— Corey Taylor,

“ Ele era o tipo de pessoa que queria que tudo corresse bem e que todos se concentrassem na banda. Ele era um ótimo amigo e uma ótima pessoa. Sua falta vai ser sentida e o mundo vai ser um lugar diferente sem ele" ”
— Shawn Crahan,

“ Ele era uma pessoa incrível e eu apenas quero que as pessoas se lembrem dele dessa maneira. Nossa filha vai lembrar dele pelo jeito que ele era ”
— Brenna Gray,

A causa da morte foi uma overdose acidental. Foi encontrado um nível fatal de morfina e fentanyl em seu sangue, mas tendo sido descartada a hipótese de suicídio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários contendo palavras de baixo calão ou que faltem com respeito não serão aceitos.